Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Brasilândia - MS e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Prefeitura Municipal de Brasilândia - MS
Acompanhe-nos:
Rede Social FACEBOOK
Rede Social Instagram
Rede Social YOUTUBE
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
MAR
21
21 MAR 2022
ASSISTÊNCIA SOCIAL
Brasilândia promove mobilização ao Dia “Gabi Vive”
enviar para um amigo
receba notícias
A Rede de Proteção do Município de Brasilândia está realizando na manhã desta segunda-feira (21), no centro da Cidade, a Mobilização do dia “Gabi Vive”.
 
A data foi criada em homenagem a Gabriele Magalhães de Souza, que tinha 9 anos de idade quando foi assassinada pela própria mãe, em 21 de março de 2020, após ter relatado abuso sexual cometido pelo padrasto.
 
E com a mobilização também tem como propósito em alertar e conscientizar toda a sociedade para a proteção dos direitos das crianças e dos adolescentes.
 
A equipe do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Conselho Tutelar e Assistência Social realizam a distribuição de panfletos e adesivos da campanha, bem como orientam a população sobre os canais de comunicação em caso de denúncia de violação de direitos da criança e do adolescente.
 
*COMO DENUNCIAR?*
A Rede de Proteção explica a como a população faz para denunciar alguma suspeita de violência.
 
A pessoa pode procurar o Conselho Tutelar de Brasilândia, Delegacia de Polícia, algum membro do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente ou ligue no Disque 100 (Disque Direitos Humanos) ou o número de Emergência 190.
 
Esses são alguns órgãos oficiais que podem auxiliar em casos de denúncias de suspeita de violência física, sexual e psicológica contra crianças e adolescentes.
 
 
 
 
Fonte: Assessoria de Imprensa
Autor: Assessoria de Imprensa
Local: Brasilândia (MS)
Seta
Versão do Sistema: 3.4.1 - 29/04/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia