Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Brasilândia - MS e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Prefeitura Municipal de Brasilândia - MS
Acompanhe-nos:
Rede Social FACEBOOK
Rede Social Instagram
Rede Social YOUTUBE
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
MAR
21
21 MAR 2022
ADMINISTRAÇÃO
EDUCAÇÃO
GABINETE
Piso Nacional do Magistério de Brasilândia é tema de reunião entre Executivo e Legislativo
enviar para um amigo
receba notícias
Na manhã desta segunda-feira (21), o prefeito de Brasilândia, Dr. Antonio Thiago realizou uma transmissão ao vivo pelas redes sociais da Prefeitura, onde esclareceu sobre o pedido realizado pelos vereadores, para que seja corrigido o Piso Nacional do Magistério Municipal.
 
A reunião teve a participação da presidente da Câmara, Neia Halsback; o vice-presidente Nivaldo Nunes, a primeira secretária Selma Alquaz, a segunda secretária Patricia Jardim e os vereadores José Quintino e Joaquim Martos.
 
O prefeito informou que os vereadores vieram pessoalmente ao seu gabinete, onde levaram essa demanda, através de um pedido feito pelos professores: a correção do Pisco Nacional.
 
Inclusive, o pedido entrará em pauta na sessão ordinária desta segunda-feira (21), na qual os parlamentares pedem essa correção, na qual seja acrescentado 22,12% e assim, o valor estaria na íntegra, conforme a Portaria do Ministério da Educação que determinou o reajuste para 33,24% em todos os municípios do país.
 
“É uma categoria extremamente importante para nós, que são os professores. O presidente baixou uma portaria fixando um valor para o aumento de salário. A minha consultoria e a Confederação Nacional dos Municípios pediram a todos os prefeitos cautela, que aguardassem as decisões serem sacramentadas, para que os prefeitos tomassem as devidas providências de modo equilibrado e não infringissem a lei de responsabilidade fiscal”, justificou.
 
O prefeito lembrou que recentemente, o Município fez o reajuste de 11,12% para todos os servidores. “Estamos aguardando uma coisa mais concreta para que a gente possa cumprir a lei de forma regular e em momento algum não questionamos esse valor, pois sabemos da importância do trabalho dos professores”, explicou.
 
A presidente Néia também explicou o motivo da reunião com o prefeito. “O nosso objetivo é justamente estar ouvindo do senhor, enquanto Executivo, o nosso pedido e como será a implantação na questão técnica. Nós sabemos que a atribuição do vereador não é aumentar ou diminuir o salário. Estamos dando voz aos professores que estão nos procurando, pois estão ansiosos e além disso, nós achamos justo porque é uma categoria importante, mas é importante ficar claro o papel do vereador e da Administração enquanto gestor”, justificou Neia.
 
A presidente falou que o tema será ainda discutido nas próximas semanas.
Fonte: Assessoria de Imprensa
Autor: Assessoria de Imprensa
Local: Brasilândia (MS)
Seta
Versão do Sistema: 3.4.1 - 29/04/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia