Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Brasilândia - MS e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Prefeitura Municipal de Brasilândia - MS
Acompanhe-nos:
Rede Social FACEBOOK
Rede Social Instagram
Rede Social YOUTUBE
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
SET
25
25 SET 2023
SAÚDE
Saúde de Brasilândia registra morte por picada de escorpião
enviar para um amigo
receba notícias
A Secretaria Municipal de Saúde de Brasilândia informa que no final da tarde do último domingo (24), uma menina de seis anos faleceu em decorrência à picada de escorpião.A garota chegou a ser encaminhada ao Hospital Dr. Júlio César Paulino Maia, porém, veio a falecer.
 
A Secretaria Municipal de Saúde por meio do Setor de Controle de Endemias orienta a população brasilandense como se prevenir ao ataque de escorpiões. Somente neste ano, a equipe já registrou 124 ataques do animal peçonhento. As espécies mais comuns encontradas nas residências são Tityus Bahiensis (escorpião-preto) e Tityus Confluens (escorpião-amarelo).
 
PRINCIPAIS CUIDADOS

 
A Secretaria Municipal de Saúde recomenda para a população os seguintes cuidados:
 
Limpe o quintal ou jardim com freqüência; não acumule lixo para não atrair baratas e outros insetos, pois são os alimentos preferidos dos escorpiões; preserve sapos, corujas, siriemas, pássaros noturno, macacos, quati e lagartos, pois esses animais se alimentam dos escorpiões e tornam-se aliados neste combate.
 
Antes de usar roupas ou calçados, verifique se não há nenhum vestígio do aracnídeo, além disso, sacuda as toalhas e roupas de cama. Caso esteja trabalhando em alguma construção, utilize luvas de couro e evite queimadas em terrenos baldios, pois é uma forma de desalojar os escorpiões.
 
Reboque as paredes para que não apresentem vãos ou frestas, mantenha fossas sépticas bem vedadas, mantenha berços e camas afastadas no mínimo 10 centímetros das paredes, evite mosquiteiros e roupas de cama esbarrem no chão, tome cuidado especial ao encostar em locais escuros e úmidos e com presença de baratas e evite andar descalço.
 
Em caso de picada, deve-se primeiramente, limpar o local com água e sabão e procurar imediatamente a unidade de saúde mais próxima de sua residência.
 
Não amarre e nem faça torniquete no local onde foi picado; não aplicar nenhum tipo de substância sobre o local da picada e muito menos fazer curativos que fechem a área, pois pode favorecer infecções. Não cortar, perfurar ou queimar o local da picada e também não dar bebidas alcoólicas ao acidentado, ou outros líquidos como álcool, gasolina, querosene, pois não têm efeito contra o veneno e pode agravar o quadro.
 
Vale lembrar que o inseticida contra o escorpião não tem eficácia, pois o animal torna-se resistente.
 
Fonte: Assessoria de Imprensa
Autor: Assessoria de Imprensa
Local: Brasilândia (MS)
Seta
Versão do Sistema: 3.4.1 - 29/04/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia