Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Brasilândia - MS e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Prefeitura Municipal de Brasilândia - MS
Acompanhe-nos:
Rede Social FACEBOOK
Rede Social Instagram
Rede Social YOUTUBE
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
AGO
21
21 AGO 2023
EDUCAÇÃO
Geografia em RedE: Projeto desenvolvido na E.M. Antônio Henrique Filho tem a participação de estudantes e professores de várias partes do Brasil e promove a Educação Inclusiva
enviar para um amigo
receba notícias
No dia 18 de agosto na E.M. Antônio Henrique Filho ocorreu mais um encontro virtual do projeto “Geografia em Rede” que reúne professores e estudantes de várias partes do Brasil. Agora foi a vez da apresentação dos estudantes alagoanos e acreanos. Os alagoanos do 7º ano da Escola Municipal Nossa Senhora de Fátima, sob orientação do professor Manoel M. S. Melo, falaram da região Nordeste, do estado de Alagoas e da sua cidade, São José da Tapera. Os acreanos, sob orientação da professora Jaine Brito, falaram da exuberante Amazônia, da economia e dos costumes locais, especialmente da culinária.

Estudantes uniformizados, com slides caprichados, demonstraram sua dedicação aos temas. Todos brilharam nas apresentações, fazendo valer o seu papel como legítimos representantes da sua região.

Entre as apresentações, uma delas encantou e emocionou a todos. O estudante Yuri Honorato Tannus, diagnosticado como TEA (Transtorno do Espectro Autista), da EE Divina Providência, de Xapuri, estado do Acre, falou sobre a diversidade da culinária regional. Açaí, farinha de mandioca, tucupi no tacacá e outras delícias foram apresentadas para quem conhece cuscuz, vatapá, virado de feijão, carne com mandioca e outros produtos da terra. Entre os estudantes destacaram-se as novidades, as particularidades, a curiosidade, atestando a importância e a eficácia da educação inclusiva.  

Em breve, outras regiões serão apresentadas, mesmo com as limitações dos aparatos tecnológicos. Com a dedicação dos professores e com o apoio dos gestores, o projeto “Geografia em Rede” estimula os estudantes a mergulharem nos livros didáticos e nas fontes virtuais para depois viajarem, juntos e à distância, pelos quatro cantos de nosso rico e diverso país.
 
Fonte: Assessoria de Imprensa
Autor: Assessoria de Imprensa
Local: Brasilândia (MS)
Seta
Versão do Sistema: 3.3.4 - 05/06/2023
Copyright Instar - 2006-2023. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia