Comunidade Escolar conhece práticas político-pedagógicas na educação escolar indígena

Educação11/11/2019, 12:10:00 Total de Visualizações: 154

Comunidade escolar esteve presente no evento - Assessoria de Comunicação

Na manhã do último sábado (09), a Escola Municipal Antonio Henrique Filho foi palco para o Projeto de Extensão com o tema "Os Ofayé, suas histórias .... e as práticas político-pedagógicas para o trabalho com a educação escolar indígena". A ação teve o apoio da Prefeitura de Brasilândia por meio da Secretaria Municipal de Educação em parceria com a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

As apresentações contaram com a presença especial dos indígenas Ofaié na qual também participaram das atividades, além de docentes do Município e da Universidade Federal. A Escola enviará para todos que estiveram no evento científico um certificado de participação.

PROJETOS APRESENTADOS

A professora doutora Mariana Esteves de Oliveira da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul campus Três Lagoas, do curso de História apresentou o projeto “Fundamentos políticos pedagógicos da educação escolar indígena”.

O Cacique  José e Prof. Silvano Moraes, ambos da Aldeia Anodi, de Brasilândia, apresentaram o projeto “A  Travessia Ofayé: história e educação escolar indígena”.

E as professoras doutoras  Silvana Alves Bispo e. Maria Celma Borges, dos cursos de Pedagogia e de História, da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul campus Três Lagoas apresentaram o projeto “Práticas Pedagógicas a partir do livro paradidático: “Outras histórias... culturas afro-brasileiras e indígenas” e da “Caixa de Histórias”.

 

 

Fonte: Assessoria de Comunicação